fbpx

Tipos de suspensão de bike: conheça os modelos e sua manutenção

Já andou em um terreno incerto, com muitos obstáculos que faziam sua bicicleta trepidar e deixavam a pedalada bastante difícil e desconfortável? Saiba que existem diferentes tipos de suspensão de bike que tornam essa situação muito mais satisfatória.

A bike com suspensão – seja a dianteira, a traseira ou a full suspension – fornece uma pedalada mais confortável. Isso porque o equipamento absorve os impactos do terreno e reduz os riscos de quedas e lesões causadas nessas situações.

Você conhece cada um dos tipos de suspensão e sabe qual é o mais indicado para o seu uso? Ou, ainda, sabe como é realizada a manutenção dessas peças? Se a resposta para uma dessas perguntas for não, continue a leitura: a Bike Runners explica!

Conheça os tipos de suspensão de bike

As suspensões antes eram vistas como itens extras na bike, como um capricho, hoje, são essenciais na montagem de uma bicicleta de qualidade. Isso porque os diferentes esportes praticados na bike exigem do ciclista bastante equilíbrio, dirigibilidade e estabilidade no controle da bicicleta.

Os terrenos incertos, cheios de obstáculos, podem oferecem choques e impactos sérios com a capacidade de derrubar até os mais experientes.

E não é só para a prática do ciclismo esportivo que as suspensões são úteis: quem pedala pela cidade também se beneficia da absorção de impacto e da pedalada mais tranquila que elas proporcionam.

Por isso, as suspensões de bike são feitas em diferentes tipos. Conheça eles abaixo:

Suspensão Dianteira

Para tornar o trabalho do biker mais leve e exigir menos esforço, a bicicleta com suspensão dianteira leva esse item nos garfos, em seu pneu da frente. A suspensão dianteira alivia, principalmente, o cansaço e o peso nos braços que os ciclistas costumam sentir depois de passar por trajetos com muitos impactos.

imagem fechada em suspensão dianteira de bicleta

Assim, ela se torna a melhor amiga do ciclista. Isso, pois, ela absorve e reduz os impactos sentidos pela roda dianteira, dando mais segurança e estabilidade durante o trajeto percorrido.

Suspensão Traseira

Se você pensa que a suspensão traseira é semelhante à dianteira e o que muda é apenas o pneu em que esse item é acoplado, está completamente enganado!

A bicicleta com suspensão traseira precisa obrigatoriamente vir com este item já acoplado de fábrica: não é possível comprar uma suspensão traseira separadamente e adicioná-la à bicicleta.

Suspensão traseira de bicicleta

Sua função também é um pouco diferente da primeira. A suspensão traseira tem como principal atributo sua capacidade de manter a roda traseira da bicicleta colada ao chão, aumentando a tração ao pedalar.

Bicicletas Full Suspension

Como é de se imaginar, as bicicletas que contam com Full Suspension – “suspensão completa”, se traduzido ao portugês – são aquelas que possuem os itens de suspensão em suas duas rodas.

Assim, o combo de absorção de impacto mais a tração na roda traseira é capaz de proporcionar uma experiência bastante completa e confortável para quem pedala. Por esse motivo, essa é a preferência dos praticantes de Mountain Bike: os terrenos irregulares não são páreos para essas poderosas suspensões.

Como é feita a manutenção das suspensões?

Se a suspensão do carro e da moto exige revisões e manutenções periódicas, a da bike também precisa! Com os diferentes trajetos que percorremos, é comum essas peças sofrerem os efeitos do tempo e irem de desgastando.

Mas, para evitar o desgaste completo e a perda total da suspensão – tão importante para a pedalada confortável que você procura – o recomendado é levar a bike para fazer eventuais revisões.

Isso significa não procurar a manutenção apenas quando a peça dar problemas e, sim, fazer manutenções preventivas que visem reduzir os danos maiores e permanentes.

Pessoa realizando manutenção em suspensão dianteira de bicicleta

Muita gente se pergunta sobre a frequência ideal para fazer uma revisão preventiva das suspensões da bicicleta. Ao contrário do que muita gente pensa, essa frequência não é estabelecida pela quilometragem percorrida.

Para não errar, controle esse período pelas horas de uso da bike: você deve fazer a revisão das suspensões a cada 200 horas pedaladas.

E não tem jeito: o ideal é levá-la para revisão em uma oficina especializada para que as ferramentas certas sejam utilizadas na manutenção. Lá, é possível ainda receber dois tipos diferentes de revisão:

Revisão básica: 

Nesse tipo de revisão, o principal foco está na higienização e limpeza dos componentes que formam a suspensão da bike. Ela é uma manutenção fundamental para manter o melhor funcionamento da peça depois de um certo período de uso.

Na oficina, o mecânico irá tirar as lowerlegs das suspensões, verificar o estado das buchas internas, lubrificar as espumas e o anel raspador que formam essa peça. Além disso, irá verificar os tubos e identificar se estão com riscos ou trincos que comprometam o seu uso.

Revisão avançada: 

A revisão avançada conta com uma manutenção mais profunda e intensa. Essa é, na verdade, uma manutenção preventiva completa – e, com isso, queremos dizer realmente preventiva!

Aqui, o foco está em fazer a troca da peça antes que ela apresente qualquer dano, defeito ou outros problemas. A desmontagem completa é feita e vários itens são trocados para garantir sempre a alta performance do equipamento, que deve funcionar com 100% de sua capacidade sempre.

Ela é realizada, normalmente, por competidores e esportistas que exigem tamanha performance da sua bike.

Dica da Bike Runners: sempre limpe a suspensão antes de pedalar

Essa é uma recomendação feita pela maioria dos fabricantes dessas peças de bicicleta. Ao fazer a limpeza periódica dos tubos deslizantes da suspensão, você garante a preservação do equipamento como novo.

Além disso, se resguarda de possíveis dores de cabeça: por ser uma recomendação feita em manuais de instruções, você pode perder a garantia da peça se não realizar essa manutenção simples!

E então, preparado para pedalar com mais tração e com menos impactos? Esperamos ter te ajudado a entender melhor os diferentes tipos de suspensão de bike e te inspirado a garantir uma dessas para mudar suas pedaladas.

Além disso, nunca se esqueça: a manutenção preventiva e até as simples limpezas antes do uso da bike são ótimas formas de preservar essas peças!

Imagem da parte dianteira de uma bicicleta de cor azul claro

Se tiver dúvidas sobre esses equipamentos, deixe um comentário aqui nesse post, nós vamos adorar te ouvir e te ajudar!

E se quiser conferir mais conteúdos com dicas para os amantes de ciclismo, assim como esse, continue no blog da Bike Runners: estamos sempre publicando conteúdos que podem te ajudar a ter uma experiência melhor com o ciclismo.

Contamos com você nos próximos posts, até lá!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Anterior

Diferença entre ciclovia e ciclofaixa: saiba mais sobre cada uma!

Bicicleta para duas pessoas: como funciona? Bike Runners explica!

Próximo