fbpx

Tipos de bicicleta: conheça diferentes modelos e modalidades!

Você conhece os diferentes tipos de bicicleta? E as modalidades de bike? É normal que iniciantes no ciclismo fiquem confusos diante da expressiva variedade de equipamentos disponíveis no mercado. Assim como os preços, as funcionalidades podem variar bastante. Sem uma boa dose de informação, a escolha pode ficar difícil!

Os diferentes modelos de bike se relacionam, em grande parte, ao uso no qual serão empregados. Diversos tipos de terreno e modalidades esportivas, principalmente, influenciam nas características e no funcionamento exigidos de seu equipamento.

Para te ajudar a acertar, a Bike Runners levantou as categorias mais populares e listou algumas dicas essenciais para a seleção de sua bike perfeita. Preparado? Vamos lá! 

Tipos de bicicleta: saiba as diferenças para escolher o melhor

pessoas conversando sobre bikes

Pedalar na bike correta é essencial para tirar o melhor de sua experiência de ciclismo. A seguir, apresentamos os tipos mais difundidos de bicicletas, com suas principais características.

Lembre-se de que, para cada tipo, existem os modelos de estrada, mais simples e acessíveis, e os modelos mais caros, especializados, com materiais e componentes sofisticados.

De acordo com a funcionalidade:

Uma das formas de elencar os tipos de bike é por seu uso. Assim, fica mais fácil de entender as especificações de cada modelo. Confira:

Bikes para passeio

bicicleta urbana soul copenhagen retro

Como o nome sugere, bikes de passeio têm por objetivo central a realização de percursos curtos com o menor esforço possível. Permitem o pedalar calmo, para que se aprecie o trajeto ao ar livre.

Frequentemente possuem cestinhas, compartimentos e garupa, nos quais é possível levar itens leves, como compras e mochilas. É comum que possuam marchas, para otimizar a pedalada, além de bancos bem largos e confortáveis. 

Sua estética é um fator importante e pode variar de acordo com o estilo adotado. Bikes retrô fazem muito sucesso na modalidade, pois têm um visual charmoso e elegante.

Bikes urbanas

rapaz andando de bike na cidade

Quer uma bicicleta acessível para locomoção diária na cidade, enfrentando calçadas e asfalto? Peça pela bike urbana. Esse tipo é muito querido por todos,  sendo um líder em opções no mercado.

Seu design costuma ser simples e leve, como o das bikes de passeio. Também possui marchas e assento confortável. A diferença fica a cargo dos pneus e do amortecimento, que devem ser especiais:

Recomenda-se a utilização de garfos de suspensão, para aliviar impactos causados pelos desníveis e degraus muito comuns na cidade.

Para andar sobre o asfalto, escolha pneus finos, lisos e macios, com sulcos laterais – os famosos pneus de cidade. Com eles, a pedalada fica mais estável, aderente e rápida, perfeita para o dia a dia.  

Bikes dobráveis

Também são muito usadas de forma urbana, ocupam pouco espaço, podendo ser colocadas num canto da casa, no porta-malas do carro ou embaixo da mesa no trabalho.

As dobráveis pesam 10 quilos em média. Alguns modelos, quando dobrados, permitem que se empurre ou puxe a bike utilizando suas próprias rodas, como se fosse uma mala, muito prático e versátil.

Esse tipo de bicicleta, assim como a urbana, é menos veloz e menos eficaz em subidas se comparado com as bicicletas convencionais, mas é muito útil para quem a utiliza como meio de transporte.

Bicicleta Fixa

Inspirada nas bicicletas de velódromo, a principal característica de uma bicicleta fixa é ter o pinhão fixo na roda traseira. Isso significa que ela não possui roda livre: a roda traseira gira, os pedais também giram, tanto para frente, quanto para trás.

Para andar em uma fixa, é necessário pedalar o tempo todo, não tem como parar de pedalar ou ficar na banguela. O modelo também permite ao ciclista o controle da velocidade de acordo com o ritmo da sua pedalada, podendo desacelerar pedalando mais lentamente.

A bicicleta fixa, por ter mais simplicidade, demanda menos manutenção e é mais leve que as convencionais, pois não tem marchas e ou até sistema de freios. A pedalada numa bike dessas é muito mais completa do que em outros equipamentos.

Bicicleta reclinável

Tipo de bicicleta no qual o ciclista não vai montado como nas bicicletas tradicionais, mas sentado ou, eventualmente, deitado, trazendo conforto, ergonomia e segurança. Muitas pessoas a utilizam para cicloturismo, pois permite cobrir grandes distâncias sem sobrecarregar pulsos, ombros e pescoço.

Elas são divididas em dois tipos: com distância curta entre eixos (Short Wheel Base, ou SWB), que são menos práticas, mas são velozes; com distância grande entre eixos (Long Wheel Base, ou LWB), as quais são mais confortáveis que as bikes convencionais.

Bicicleta infantil

As bikes infantis são a porta de entrada para muitas pessoas ao mundo do ciclismo. Muitas vezes, são necessárias rodinhas traseiras para evitar quedas, não têm marchas, suspensão ou acessórios sofisticados.

A escolha desse tipo de bicicleta deve ser cuidadosa, então, procure qualidade e veja se os manetes de freio não são duros e difíceis de acionar. Pense que a finalidade é facilitar e estimular a criança, incentivar a brincadeira, o equilíbrio e o aprendizado.

Quer saber o aro ideal para crianças? Leia mais aqui em nosso blog!

Bicicleta elétrica ou híbrida

As bicicletas elétricas ou híbridas são movidas parcial ou completamente por um motor elétrico alimentado por baterias recarregáveis.

O objetivo desse tipo de equipamento é deixar o pedalar mais leve, auxiliando nas subidas e no transporte de mercadorias ou até de pessoas. Elas são dotadas de sensores que sustentam o esforço somente quando se está pedalando.

Nas subidas, não precisa pedalar muito, pois o você é auxiliado pelo motor. As velocidades chegam aproximadamente a 25 km/h, e a autonomia pode chegar de 30 km/h a 40 km/h.

De acordo com a modalidade:

Outra forma de elencarmos os tipos de bicicleta existentes é pela modalidade de ciclismo para a qual elas são desenvolvidas. Nesse sentido, existem:

Mountain bikes

pessoas pedalando paisagem

Sua ideia é levar a bike para a trilha, em busca de aventura? Você precisará de uma mountain bike ou bicicleta de montanha! As bicicletas MTB são robustas e costumam ser mais pesadas – com 16 kg, em média – pois utilizam catracas, cassetes e quadros bem maciços.

Seu sistema de amortecimento varia de acordo com a modalidade de MTB escolhida. Para percursos de maior velocidade, existem suspensões mais curtas e secas, que dão maior rapidez.

Em percursos técnicos ou down hill, são usadas bikes full suspension, que precisam ser muito eficientes para suportar os terrenos mais acidentados possíveis e não têm câmbio dianteiro, sendo instalada uma guia de corrente para manter a transmissão funcionando mesmo com todas as trepidações.

Os pneus ganham maiores dimensões, além dos cravos, para aderir à vegetação, rocha ou lama, promovendo maior segurança na subida.

Bikes speed

bike speed

Se sua intenção é voar no asfalto e ingressar no ciclismo de estrada, as bicicletas speed são a melhor opção para você.

Esses são os modelos mais leves do mercado, cujo principal objetivo é a velocidade. Seu quadro é frequentemente confeccionado em alumínio, por sua leveza, mas as melhores opções são feitas em carbono, que oferece menor impacto.   

Seu pneu é muito estreito, com calibragem muito alta. São duros, leves e geram o mínimo de atrito possível. Essas bikes também não possuem suspensão, para diminuir peso e impactos.

Para prover maior velocidade, os ciclistas speed pedalam “clipados”. É comum, nessa modalidade, que sejam utilizados os pedais clip, para pedalar com sapatilhas que prendem os pés ao engate. Dessa forma, é possível realizar tração com os dois pés ao mesmo tempo.

Quer dicas de como escolher bike speed? Então, leia mais aqui na Bike Runners!

Bikes Gravel

bike gravel

Gravel é uma modalidade crescente de ciclismo esportivo, que une características de mountain bike e speed. Nos circuitos do tipo, você enfrentará trechos de muita velocidade e períodos acidentados.

A bicicleta utilizada para o gravel, portanto, deve ser muito versátil. São bem mais leves que as MTB, com quadros que as aproximam da bike speed, mas contam com bom amortecimento.

Seus pneus não são tão espessos e comumente oferecem cravos laterais com meio liso, bastante adaptáveis aos vários tipos de terreno.

Por sua versatilidade, é uma ótima opção para quem quer uma bike só para usar na cidade, durante a semana, e correr atrás de aventura nos dias livres, pegando uma trilha.

BMX – Bicicross

Conhecidas também por Bicicross, inspirada no Motocross, essas bicicletas tiveram sua popularização nos anos 1970/1980, com seus apaixonados adeptos construindo pistas e fazendo corridas informais.

A partir de então, elas foram desenvolvidas propriamente para corrida em pistas de terra. Hoje o BMX se divide em duas modalidades, o Race (corrida) e o Freestyle (estilo livre/manobras), no qual há cinco modalidades: Street, Mini Ramp, Dirt Jump, Flatland e Vertical.

As BMXs possuem aros 20” e 24”, sendo que as de BMX Race têm componentes de menor peso, buscando melhor desempenho e velocidade; no Freestyle, como no Dirt e Street, têm componentes de maior durabilidade e resistência, porém com maior peso.

O que observar na hora de escolher sua bicicleta?

Agora que você já sabe a diferença entre os tipos e modalidades de bike, que tal aprender a escolher a melhor para você? Selecione sua bicicleta tendo em mente a frequência e o terreno em que vai pedalar, sem esquecer de suas expectativas quanto ao desempenho de seu pedal.

Vai pedalar para chegar ao seu emprego, diariamente? Quer usar sua bicicleta aos finais de semana, para andar no parque? Ou seu pedal será na estrada, envolvendo trechos de terra? É possível, ainda, que deseje uma bicicleta para prática esportiva. Nesse caso: qual será sua modalidade de ciclismo? Que tipo de desempenho espera de sua atividade?

A escolha, portanto, deve passar por quatro perguntas essenciais:

  1. Para que usará a bicicleta?
  2. Em que terreno?
  3. Com qual frequência?
  4. Quantos recursos posso empregar?

Seguindo essas premissas, vai ser fácil encontrar a bicicleta perfeita para você! Conta para nós, qual é o seu tipo de bike? Queremos saber! Se gostou desse conteúdo, acompanhe o nosso blog com posts semanais sobre o mundo do ciclismo! Até mais!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Anterior

Qual o melhor material para quadro de bicicleta: veja as diferenças

Máscara no ciclismo: qual a melhor para os esportes?

Próximo