fbpx

Quais as modalidades de bike existentes e suas diferenças?

Não é difícil que os iniciantes no ciclismo fiquem confusos diante da expressiva variedade de bicicletas disponíveis no mercado. Assim como os preços, as funcionalidades podem variar bastante. Sem uma boa dose de informação, a escolha pode ficar difícil!

Os diferentes tipos de bicicleta se relacionam, em grande parte, ao uso no qual serão empregadas. Diversos tipos de terreno e modalidades esportivas, principalmente, influenciam nas características e funcionamento exigidos de seu equipamento.

Para te ajudar a acertar, apresentamos as categorias mais populares e listamos algumas dicas essenciais para a seleção de sua bike perfeita. Preparado? Vamos lá! 

O que observar na hora de escolher sua bicicleta?

Escolha sua bike tendo em mente a frequência e o terreno em que vai pedalar, sem esquecer de suas expectativas quanto ao desempenho de seu pedal: vai pedalar para chegar ao seu emprego, diariamente? Quer usar sua bicicleta aos finais de semana, para andar no parque? Ou seu pedal será na estrada, envolvendo trechos de terra?

É possível, ainda, que deseje uma bicicleta para prática esportiva. Nesse caso, qual será sua modalidade de ciclismo? Que tipo de desempenho espera de sua atividade?

A escolha, portanto, deve passar por quatro perguntas essenciais: para que usará a bicicleta? Em que terreno? Com qual frequência? Quantos recursos posso empregar?

Tipos de bicicleta: escolhendo o seu

pessoas conversando sobre bikes

Pedalar na bike correta é essencial para tirar o melhor de sua experiência de ciclismo. A seguir, apresentamos os tipos mais difundidos de bicicletas, com suas principais características.

Lembre-se de que, para cada tipo, existem os modelos de entrada, mais simples e acessíveis, e os modelos mais caros, especializados, com materiais e componentes sofisticados.

Bikes para passeio

bicicleta urbana soul copenhagen retro

Como o nome sugere, bikes de passeio têm por objetivo central a realização de percursos curtos com o menor esforço possível. Permitem o pedalar calmo, para que se aprecie o trajeto ao ar livre.

Frequentemente possuem cestos, compartimentos e garupa, nos quais é possível levar itens leves, como compras e mochilas.

Sua estética é um fator importante, e pode variar de acordo com o estilo adotado. Bikes retrô fazem muito sucesso na modalidade.

É comum que possuam marchas, para otimizar a pedalada, além de bancos bem largos e confortáveis. 

Bikes urbanas

rapaz andando de bike na cidade

Quer uma bike acessível para locomoção diária na cidade, enfrentando calçadas e asfalto? Peça pela bike urbana. Esse tipo é muito querido por todos, líder em opções no mercado.

Seu design costuma ser simples e leve, como o das bikes de passeio. Também possui marchas e assento confortável. A diferença fica a cargo dos pneus e do amortecimento, que devem ser especiais:

Recomenda-se a utilização de garfos de suspensão, para aliviar impactos causados pelos desníveis e degraus muito comuns na cidade.

Para andar sobre o asfalto, escolha pneus finos, lisos e macios, com sulcos laterais – os famosos pneus de cidade. Com eles, a pedalada fica mais estável, aderente e rápida.  

Mountain bikes

pessoas pedalando paisagem

Sua ideia é levar a bike para a trilha, em busca de aventura? Você precisará de uma mountain bike, ou bicicleta de montanha!

As bicicletas MTB são robustas e costumam ser mais pesadas – com 16 kg, em média – pois utilizam catracas, cassetes e quadros bem maciços.

Seu sistema de amortecimento varia de acordo com a modalidade de MTB escolhida. Para percursos de maior velocidade, existem suspensões mais curtas e secas, que dão maior rapidez.

Em percursos técnicos ou down hill, são usadas bikes full suspension, que devem ser muito eficientes para suportar os terrenos mais acidentados possíveis.

Os pneus ganham maiores dimensões, além dos cravos, para aderir à vegetação, rocha ou lama, promovendo maior segurança na subida.   

Bikes linha speed

bike soul

Se sua intenção é voar no asfalto e ingressar no ciclismo de estrada, a speed é a melhor bike para você.

Esses são os modelos mais leves do mercado, cujo principal objetivo é a velocidade. Seu quadro é frequentemente confeccionado em alumínio, por sua leveza, mas as melhores opções são feitas em carbono, que oferece menor impacto.   

Seu pneu é muito estreito, com calibragem muito alta. São duros, leves e geram o mínimo de atrito possível. Essas bikes também não possuem suspensão, para diminuir peso e atrito.

Para prover maior velocidade, os ciclistas speed pedalam “clipados”. É comum, nessa modalidade, que sejam utilizados os pedais clip, para pedalar com sapatilhas que prendem os pés ao engate. Dessa forma, é possível realizar tração com os dois pés ao mesmo tempo. 

Bikes Gravel

Gravel é uma modalidade crescente de ciclismo esportivo, que une características de mountain bike e speed. Nos circuitos do tipo, você enfrentará trechos de muita velocidade e períodos acidentados.

A bicicleta utilizada para o gravel, portanto, deve ser muito versátil. São bem mais leves que as MTB, com quadros que as aproximam da bike speed, mas contam com bom amortecimento.

Seus pneus não são tão espessos e comumente oferecem cravos laterais com meio liso, bastante adaptáveis aos vários tipos de terreno.

Por sua versatilidade, é uma ótima opção para quem quer uma bike só para usar na cidade, durante a semana, e correr atrás de aventura nos dias livres, pegando uma trilha.

Já escolheu sua bike ideal? Visite nossa loja e veja nossas opções em todas as categorias que citamos aqui. Além de bicicletas e componentes, a Bike Runners conta com todos os acessórios essenciais ao seu pedal: roupas, bolsas, capacetes, sinalizadores e mais. Confira!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Previous

Aplicativo Strava: o que é e como funciona?

O que é jaqueta corta vento? Veja sua importância no ciclismo

Next