fbpx

Ciclismo no Brasil: saiba tudo sobre esse esporte!

Você conhece a história do surgimento do ciclismo no Brasil? Essa modalidade de esporte é conhecida mundialmente e é muito famosa e praticada, principalmente em países europeus. No Brasil, existem muitos desportistas da área e muitos atletas vencedores de muitas competições grandes e reconhecidas.

Para inteirar vocês, leitores do blog Bike Runners, sobre esse esporte que valorizamos imensamente, preparamos um post para te introduzir melhor sobre a história do ciclismo e como ele surgiu em nosso país.

Preparado(a)? Vamos lá!

Ciclismo: qual a sua definição e como surgiu

No início do século XIX, surgiu um equipamento como um novo meio de transporte inventado pelo alemão Barão Karl von Drais. Ele adaptou em um celerífero para servir como um mecanismo de controle de direção para ajudar no sistema de equilíbrio desse objeto.

Esse novo meio de transporte passou a ser chamado de “draisiana”, em homenagem ao seu criador, e com o passar do anos e das revoluções tecnológicas passou a ser conhecida como bicicleta.

A invenção da bicicleta facilitou muito a vida das pessoas, principalmente por ser um meio de transporte muito econômico e de baixa manutenção, que não polui o ambiente e tem um preço mais acessível do que um carro, por exemplo.

No momento em que o seu uso foi ganhando mais notoriedade mundialmente, um novo esporte surge na Europa no mesmo século, denominado ciclismo, que, de maneira geral e simplificada, tem como principal motivação o pedal rápido, com obstáculos ou não, para alcançar a linha de chegada.

Esse esporte possui três modalidades de destaque, são elas o ciclismo de estrada, o ciclismo de pista, mountain bike e o BMX (bicicross).

Foi bem resumido, não é? Mas as principais características do surgimento do objeto e do esporte são essas. Elas, definitivamente, sofreram muitas variáveis com as evoluções e atenção das pessoas.

Para o Brasil, as bicicletas chegaram quase no final do século por intermédio dos europeus imigrantes.

historia-do-ciclismo

Ciclismo no Brasil: alcançando a popularidade

Uma grande parcela de imigrantes europeus chegaram ao Brasil no final do século XIX trazendo muitas novidades e tecnologia para o país, e entre esses objetos estavam as bicicletas.

Em meados de 1890, esse meio de transporte começou a ser mais comum nas regiões Sudeste e Sul. A população brasileira da época, assim como as outras que já conheciam, conseguiram ver o potencial que o objeto tinha e sua funcionalidade.

Foi na capital de São Paulo que surgiu o primeiro velódromo brasileiro, local que sediou a primeira competição oficial do país. Entretanto, mesmo com muitos atletas já praticando esse esporte, o Brasil não participou dos Jogos Olímpicos de Atenas em 1896.

Mesmo com o país não indo para esse evento mundialmente famoso, o número de competidores desportistas crescia cada vez mais, assim como as competições eram cada vez mais comuns.

E como os participantes cresciam, os atletas notáveis foram ganhando destaque tanto nacional quanto internacionalmente. Afinal, o Brasil é um ótimo formador de desportistas qualquer que seja a modalidade, não é?

Ciclistas brasileiros e suas conquistas

Um dos primeiros nomes brasileiros a ser reconhecido mundialmente nas competições internacionais foi o do atleta Antônio Prado Junior. Ricardo Magnani e muitos outros também fizeram história no ciclismo olímpico. Na década de 50, o atleta Claudio Rosa foi o grande destaque do país.

Apesar do crescimento de competidores, em algumas Olimpíadas o Brasil ficou de fora por não conseguir se classificar. Mas, a partir da década de 80, o país retornou com tudo na competição olímpica com atletas que se tornaram renomados.

Mario May, Luciano Pagliarini, Mauro Ribeiro e Jaqueline Mourão foram grandes competidores dos Jogos Olímpicos do final do século XX e no século XXI. Caso tenha interesse em se aprofundar na história do ciclismo olímpico no Brasil, também temos um post especial!

Mudanças do ciclismo no Brasil: como era e o que se tornou

É inegável que a evolução tecnológica trouxe muitas facilidades para os atletas. No ciclismo, com a globalização, é muito mais fácil avaliar o desempenho dos desportistas nacionais e internacionais.

A tecnologia aplicada aos equipamentos para esse esporte também contribuiu para o crescimento e amadurecimento dos competidores dentro desse mundo vasto que é o ciclismo.

Porém, em comparação aos países estrangeiros, o Brasil decaiu muito dentro dessa modalidade. É claro que ainda existem atletas incríveis, mas o nível de um competidor europeu para um brasileiro é muito desbalanceado.

A falta de investimentos na área, mesmo ao comando da Confederação Brasileira de Ciclismo, faz com que cada vez menos eventos sejam realizados, o que infere diretamente na produtividade e motivação dos praticantes.

O grande ciclista brasileiro, agora aposentado, Mauro Ribeiro, em um entrevista feita pela nossa equipe, afirma que há grande dificuldade de crescimento competitivo, visto que a distância em competições brasileiras é muito grande.

Por exemplo, aqui, um atleta treina durante muitos dias e até meses para um evento longínquo de uma ou duas horas. Isso acaba interferindo no destaque desses atletas a níveis nacionais e internacionais.

Afinal, como se manter motivado e com ânimo se essas competições escassas demoram a chegar?

Em países como França e Alemanha, essa modalidade promove eventos semanais regularmente. Assim, o desempenho dos atletas desses países, definitivamente, serão muito superiores ao desempenho brasileiro, visto que quanto mais há treino, melhores são as evoluções físicas e psicológicas.

Para entender mais sobre esse viés, confira no nosso canal do YouTube a live Papo de Ciclista com Mauro Ribeiro e entenda o quão diferente se tornou o ciclismo atual com os fatores evolutivos sociais do Brasil.

São muitas coisas a se considerar, não é? Essa modalidade esportiva é muito ampla! Mas a Bike Runners é especialista nesse mundo e procura te proporcionar sempre os melhores conteúdos do ciclismo.

Para mais posts como esse, fique antenado em nossas publicações. Até o próximo post!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Anterior

Ciclismo Olímpico: história, modalidades e grandes nomes do Brasil

Roupas para pedalar: descubra quais são essenciais!

Próximo