fbpx

Como ir para Aparecida do Norte de bike: prepare-se para a pedalada!

Um dos templos católicos mais famosos do mundo, sendo o segundo maior, atrás apenas da Basílica de São Pedro, localizada no Vaticano, está no Brasil, mais precisamente em São Paulo. Dedicado à Virgem Maria, esse local é o destino de muitos turistas, mas há muitas dúvidas ainda acerca de como ir para Aparecida do Norte, visto que há caminhos e meios de transporte diferentes.

Hoje, o blog da Bike Runners vai trazer algumas instruções que são muito importantes para realizar uma ciclo viagem de qualidade até a Basílica de Nossa Senhora Aparecida. Se você está procurando um novo destino para viajar pedalando, ou está se preparando para a primeira viagem até lá, acompanhe essa leitura!

Por que viajar para Aparecida do Norte? Um caminho de fé!

Conhecer os diferentes templos religiosos do mundo traz não só lembranças incríveis acerca do trajeto, superação e lembranças, mas permite conhecer um pouco de cada cultura e crença. Católico ou não, viajar para o maior templo mariano do mundo, definitivamente, proporcionará vivências únicas.

Como amante do pedal, certamente, você já deve ter viajado para alguns locais, percorrendo longas distâncias, não é? Se ainda não, provavelmente isso está nos seus planos. E não é de menos, visto que as cicloviagens são incríveis experiências, trazendo rotas, paisagens e muitas outras coisas que renovam o espírito e desafiam o corpo.

Por isso, o que acha de fazer um pedal até a cidade? O caminho é longo, dependendo do ponto de partida, resultando em 10/12h ou mais, até mesmo um dia, dependendo do ritmo, mas será algo inesquecível. Preparando-se corretamente, o passeio será uma ótima opção para entrar na lista de roteiros!

Trajetos para Aparecida: escolha o melhor caminho para percorrer

Para pessoas que moram na região de São Paulo, o trajeto costuma ser um pouco mais “fácil”, principalmente em cidades próximas a Aparecida, visto que o pedal não será de uma distância impossível de vencer. Mas é comum que ciclistas do Rio de Janeiro também optem por esse roteiro.

Partindo do centro do estado paulista, trajetos mais comuns para esse roteiro, o caminho tem cerca de 200 km de distância, seguindo pela Rodovia Presidente Dutra, a BR-116, pegando a Saída 71 para chegar até a cidade.

Agora, quem parte da capital carioca tem um caminho ainda maior a percorrer: são cerca de 265 km, também via BR-116, pela Saída 75.

Deu para ver que não vai ser um percurso simples, ainda mais se o objetivo é ir pedalando, então um planejamento bem antecipado é imprescindível.

A preparação, tanto física quanto psicológica, é importante para que o corpo e a mente suportem toda a pedalada, além de deixar todas as outras questões planejadas com antecedência, como acessórios para usar, alimentação, hidratação, manutenção da bike e muito mais.

Confira agora como se preparar para ir de bike a Aparecida!

Como se preparar para uma cicloviagem até Aparecida

Para deixar tudo certo para o deslocamento é importante se planejar com antecedência, muitas pessoas preferem deixar tudo arranjado meses antes para evitar imprevistos. É claro que tudo pode acontecer, mas o básico deve ser organizado o mais cedo possível.

Dessa forma, é indicado realizar essa viagem em grupo, tanto pelo apoio quanto pela companhia. A gente entende que números menores parecem atrativos, visto que cada pessoa tem o seu ritmo, alguns já podem ter percorrido o caminho e outros são iniciantes, que são mais cautelosos e estão com o objetivo de superar a distância.

Ainda assim, o ideal é escolher um grupo que dê o suporte necessário para o momento da pedalada, contando com um carro de apoio para eventuais problemas, caso o ciclista se machuque, por exemplo, para ajudar a carregar alguns itens, entre outros auxílios.

Há diversas empresas e grupos que organizam essas cicloviagens, como a Oiê, uma de nossas parceiras. Fizemos uma live incrível sobre o tema com eles, que deram várias dicas para você saber o que esperar e como estar pronto para esse trajeto, confira:

Dito isso, vamos às instruções e dicas de preparação para percorrer esse roteiro da melhor forma possível!

Preparação psicológica

Estar em um dia bom, com o corpo alinhado à mente é essencial, e isso não é fácil de conseguir do dia para a noite. Como uma atividade que requer a superação de limites, tanto de barreiras emocionais quanto físicas, os ciclistas que farão cicloviagens de longas distâncias precisam trabalhar mentalmente de modo antecipado.

Em todas as atividades que chegam ao nosso limite, muitas vezes, nossa mente desempenha grande papel para nos impulsionar ou nos desacelerar no desafio. Por isso, trabalhá-la com antecedência pode ser o diferencial para que você chegue até o seu destino.

Assim, será possível se manter focado na sua meta e superar o esgotamento mental e emocional que pode surgir a partir do cansaço físico, por exemplo.

Preparação física

Pessoas que já têm certo costume em percorrer longas distâncias precisam treinar para manter o condicionamento físico. Iniciantes, então, devem tomar ainda mais providências para que o corpo esteja preparado para uma viagem desse tipo sobre a bike.

Por exemplo, se você é uma pessoa que consegue percorrer uma quantidade média de quilometragem por pedal, de 40/50 km por dia, determinados percursos até a cidade são mais simples, como quando se sai de Campos de Jordão. A distância de Aparecida até Campos de Jordão é cerca de 80 km, o que um ciclista de roteiros curtos a médios consegue suprir com tranquilidade. Agora, saindo da capital do Estado, como mencionamos, são quase 200 km.

Dessa forma, praticar um pouco o pedal por caminhos mais longos em dias alternados é uma boa opção para preparar o corpo. Outros exercícios aeróbicos também ajudam a melhorar o condicionamento físico, como corridas e caminhadas. Assim, você trabalhará a respiração e sua resistência – mas não esqueça que é essencial fortalecer os músculos para esse desafio também!

Mesmo sendo iniciante, reconheça os limites de seu corpo e não desista! Mesmo que demore meses ou anos até se sentir preparado para a cicloviagem. O importante é fazer tudo com saúde, segurança e bem-estar.

Acessórios para usar e levar no pedal a Aparecida

Quem não está viajando em grupos que possuem um carro de apoio, é imprescindível considerar exatamente o que levar, visto que terá que carregar os itens durante todo o caminho. Tudo isso deve ser pensado com muito cuidado, afinal carregará tudo por conta própria. E mesmo que haja o apoio, também é de extrema necessidade escolher os acessórios certos.

Em suma, é importante levar itens que vão te ajudar durante o caminho. Ferramentas e peças para manutenção da bike são imprescindíveis para manter uma boa autonomia e evitar dores de cabeça.

Em viagens longínquas, é muito comum pneus murcharem ou furarem, pois o caminho tem muitas sujeiras da região e que caem pelo trânsito de veículos, o que acaba estourando as câmaras de ar e isso pode acontecer mais de uma vez. Levar algumas de reserva é imprescindível.

Um kit remendo também é indicado de levar, caso acabe todas as reservas das câmaras que separou, assim como bombas de ar para encher os pneus quando murcharem. E tudo isso pode ser levado em bolsas próprias para bike, que podem ser acopladas no quadro ou no selim, há muitas opções para atender todas as necessidades.

Como há a necessidade de carregar vários objetos, que podem influenciar no seu desempenho e se tornarem problemas ao longo do percurso, recomendamos, novamente, que você esteja em grupo com quem já conhece o trajeto e, de preferência, com carro de apoio.

Para manter a hidratação e caso haja fome, água, isotônicos e comidas mais leves são indicadas, como barras de cereais e frutas. Fazendo isso e mantendo uma alimentação adequada antes de sair viajando seu corpo estará satisfeito e preparado para aguentar a atividade de alto desempenho.

Além disso, ir ao banheiro antes de sair de casa também é o indicado, já que há um roteiro a ser seguido que pode não incluir muitas paradas para que tudo renda. Mas quando ficar muito apurado, não segure e peça para parar! Deixe um papel higiênico de reserva para você e para os companheiros de viagem. É importante ficar confortável.

E é claro que as roupas não podem ficar de fora! Usar roupas específicas para pedal é de extrema necessidade, visto que elas proporcionam conforto térmico, assim como são feitas de materiais para garantir um bom desempenho, evitando fortes assaduras e protegendo contra a incidência dos raios UV.

Uma boa ideia para saber qual a vestimenta que será adequada para o dia é olhar a previsão do tempo. Muito sol indica muito calor, o caminho não possui muitas árvores para fazer sombra, então, usar uma blusa de frio inadequada apenas atrapalhará, bermudas e camisetas, por exemplo.

Assim como passar frio não é indicado. Nesses momentos, uma corta vento é ótima, além de ser leve para carregar caso precise tirar. Óculos para ciclistas também proporcionam maior conforto no momento da viagem.

Resumidamente, a lista para levar/usar nessa viagem de bike seria:

  • Alimentos leves (barras de cereal protéicas, frutas leves, como maçã, banana, etc.);
  • Bebidas nutritivas (isotônicos, água de côco e água);
  • Kit remendo (remendos autocolantes, lixa metálica, parafusos, porcas, cola e chave de fenda);
  • Roupas adequadas (bermuda, camiseta ou blusas e calças e luvas);
  • Itens de segurança (capacete, iluminação, lanterna, etc.);
  • Remédios para eventuais dores e machucados (para dores de cabeça, relaxantes musculares, géis para massagem, ataduras e curativos).

Há muitos outros acessórios para ciclistas que você pode usar, esses são os mais básicos para fazer essa rota. Se quer saber mais sobre os itens, não deixe de conferir o post exclusivo em nosso blog!

Outras dicas: saiba mais para garantir seu conforto!

É importante saber qual é o seu limite. Se você não se sente preparado para fazer tudo em um dia, não tenha vergonha de parar para descansar. Temos sim que superar nossos limites, mas isso deve ser feito com nossa saúde e segurança asseguradas.

O ideal também é iniciar a cicloviagem em um horário bom, geralmente de madrugada, assim o trânsito estará mais tranquilo e não haverá o sol forte para judiar. E não se esqueça de usar o protetor solar mesmo em dias nublados, pois o mormaço das pistas queima igualmente!

E quando cumprir o objetivo, tire sua “foto da vitória”, depois não hesite em tomar um banho, caso tenha contratado um pacote assim, fazer uma refeição nutritiva e descansar. Essa experiência exige muito, cuidar de seu corpo é essencial.

O que achou do conteúdo? Ficou interessado em viajar com esse roteiro? É como uma caminhada da fé, ou melhor: uma pedalada da fé. Deixe essa rota em sua lista e comece a se preparar, garantimos que não irá se arrepender. Até a próxima, tenha um ótimo pedal!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Anterior

O melhor cadeado para bicicleta: como escolher o mais adequado

Acessórios para ciclistas iniciantes: guia básico

Próximo