fbpx

Treino intervalado no ciclismo: aprenda a otimizar seu treinamento

Para os amantes de bike e os que usam o equipamento para o esporte, o treino intervalado no ciclismo pode ser uma ótima forma de otimizar a prática e a performance, seja no lazer, seja em competições.

Essa técnica, muito usada pelos profissionais, trabalha a resistência física dos praticantes, ponto essencial para o bom desempenho no esporte. Você pode inseri-la na sua rotina de treinos, entre as pistas retas, inclinadas, longas, e outros desafios. 

Se você pratica diversas modalidades de ciclismo, como o mountain bike ou o ciclismo em estrada, os treinos de intervalo também são uma ótima pedida para aumentar o seu desempenho.

Pensando nisso, a Bike Runners preparou esse conteúdo super completo, para você entender o que é esse tipo de treino, como ele pode te ajudar e como aplicá-lo no dia a dia de preparação. Quer saber mais? Então, vamos lá!

O que é o treino intervalado no ciclismo?

Quando falamos de treino de intervalo no ciclismo, estamos nos referindo a pedaladas que mesclam séries curtas de alta intensidade com séries suaves.

Nos momentos de intensidade elevada, você deve descarregar explosões de energia sob os pedais. Nas séries de baixa intensidade, você faz pouco esforço e foca em recuperar as energias.

Você pode montar diversas combinações em seu treino de intervalos na bike, mas eles devem seguir um padrão – que é estabelecido por você ou seu técnico. Isso é necessário para que mantenha-se um ritmo constante durante o treino e o ciclista não perca as energias antes do fim da prática.

Como o treino de intervalos ajuda a melhorar o desempenho na bike

parâmetros  de medição de treino de intervalo

Ao buscar por um treino intervalado no ciclismo, saiba que a melhora vai acontecer na sua resistência. Com essa técnica, você será capaz de enfrentar desafios mais intensos e longos, além de melhorar sua performance em percursos de baixa intensidade.

Se você participa de pedais que exigem esforço extremo, seja por horas seguidas ou durante picos, aposte nos treinos de intervalo. A partir deles, os profissionais ganham resistência sem perder a potência das pedaladas.

Você pode estar se perguntando: mas qual a diferença entre treino intervalado e outros treinos de alta intensidade? Bem, a mescla de intensidades ajuda a trabalhar o sistema cardiorrespiratório, com a mudança de ritmos em tempos curtos, possibilitando ganhos de performance superiores.

Além disso, os músculos ganham muito com essa técnica, pois são levados à exaustão, mas contam com o descanso necessário para a recuperação. Aliado à alimentação saudável, esse tipo de treino é ótimo para melhorar seu condicionamento físico também.

Quem pode praticar o treino intervalado no ciclismo

relógio marcador de treino de intervalo

Ao falarmos de ciclismo, sabemos que o esporte arrecada fãs de todos os tipos, desde aqueles que o praticam profissionalmente e participam de competições, até os que pedalam por hobby e lazer.

A técnica ainda é mais difundida e colocada em prática por ciclistas profissionais ou que já têm experiência aprofundada no esporte e buscam atingir um desempenho elevado.

Mas o treino de intervalados na bike também pode ser praticado por amantes do pedal que não são profissionais ou experts no esporte. O ponto chave é respeitar a sua capacidade física e entender aonde quer chegar em termos de resistência e performance – contar com a ajuda de um profissional também é essencial!

Como montar uma planilha de treino intervalado para ciclismo

medidor de treino de intervalo

Ao montar um treino de intervalos, é importante ter em mente que ele não pode ser a única prática na sua rotina de exercícios e treinamentos. É preciso intercalá-lo com outros treinos, para alcançar melhores resultados em termos de condição física, potência e resistência.

Assim, se você está começando a implantar esse método na sua rotina de treinos para ciclismo, segue um modelo que pode funcionar bem para o começo:

  • Para começar, aqueça no pedal plano por 15 minutos;
  • A intensidade pode ser aplicada em 3 tiros, com a duração de 3 a 5 minutos, tendo intervalos bem leves de mesmo tempo de pedal;
  • Repita a série durante 30 a, no máximo, 40 minutos.

Esse treino deve aparecer no máximo 2 vezes por semana em sua rotina de treinamento. Lembre-se de contar com o acompanhamento de um profissional para a prática adequada da técnica, que visa alta performance, principalmente se tiver finalidades competitivas.

E para evitar qualquer tipo de acidente ou machucado, mantenha um ritmo constante de treinamentos físicos, aliados a uma dieta saudável e que esteja alinhada aos seus objetivos. Para isso, conte com a ajuda de profissionais da saúde.

Além disso, lembre-se de cuidar da magrela: mantenha a revisão da bike em dia, aprenda a cuidar dela em casa, como limpar a corrente e demais peças e muito mais. Sua bicicleta precisa de cuidados, assim como você!

Viu só como o treino intervalado no ciclismo é uma ótima opção para quem busca otimizar a resistência e melhorar a performance durante as pedaladas? Com ele, com certeza seus resultados em alta intensidade serão cada vez melhores.

Gostou do conteúdo de hoje? Para ficar por dentro de mais assuntos como esse, acompanhe a Bike Runners nas redes sociais! Até o próximo post!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Previous

O tamanho da bicicleta está adequado à sua altura? Descubra!

Suplemento para ciclista: quais os melhores e por que usá-los

Next