fbpx

Cuidados com a corrente da bike: como lavar e lubrificar

Quem já lavou uma corrente de bike depois de um treino intenso ou algumas semanas de uso urbano sabe quanta sujeira pode ficar acumulada nas voltinhas e reentrâncias. O processo pode ser bem bagunçado e trabalhoso, mas é muito necessário!

A transmissão é um dos conjuntos de componentes mais cruciais para o bom desempenho do seu equipamento. É responsável pelo movimento de todo o sistema e, se não for bem limpo e lubrificado, pode danificar a bike de forma irreparável.

No post de hoje você aprenderá as maneiras mais eficientes para a limpeza da corrente, quais materiais deve utilizar para lubrificar a transmissão e qual a importância dessa manutenção. Preparado? Olha só:

Por que devo limpar a corrente da bike?

Aplicar um novo lubrificante sobre uma corrente suja pode causar mais danos que benefícios ao seu equipamento. Evite essa prática!

Isso acontece, pois, em contato com o óleo, a sujeira pré-existente forma uma massa pegajosa que acumula mais e mais poeira.

Aos poucos, o crescente acúmulo dessa substância super abrasiva é capaz de danificar profundamente os mecanismos de transmissão de sua bicicleta, prejudicando o funcionamento do cassete, coroas, câmbios e roldanas.

Uma transmissão descuidada pode, ainda, dificultar o acionamento de marchas. Depois de atingido este ponto, a substituição das peças é necessária, o que pode significar um gasto considerável!

O que usar para limpar a corrente?

limpador de corrente clean luft

Os produtos mais indicados para lavar sua corrente e retirar qualquer resíduo de graxa e terra são os desengraxantes micro óleo com ação anticorrosiva. Estão disponíveis em várias marcas e são encontrados até mesmo nos supermercados mais completos.

A substância é gentil ao metal e remove resíduos sem abrasão, conservando os componentes e dando polimento.

Limpando pra valer: 2 maneiras eficientes de limpar sua corrente

Hora de botar a mão na massa! Aqui, vamos apresentar dois métodos bastante práticos para a limpeza da sua corrente de transmissão: com e sem uso de equipamentos especializados.

Usando um limpador de corrente

Limpadores de corrente são dispositivos muito simples e baratos que podem revolucionar sua maneira de fazer a manutenção da bike.

Eles possuem um único compartimento fechado com 3 escovinhas internas e um espaço para que seja adicionada a solução desengraxante.

lubrificando corrente de bike

Para usar, basta colocar a solução, acoplá-lo à corrente e girar o pedivela. O equipamento limpa cada reentrância de forma automática, à medida que os elos passam pelas escovinhas.

O processo é muito rápido e livre de sujeira ou respingos, já que todo o desengraxante e os resíduos retirados por ele ficam presos no compartimento do limpador. Com a corrente limpa, é só descartar o óleo sujo e enxaguar a maquininha.

Lembre-se que todo o desengraxante deve ser retirado da corrente após a limpeza. Se o produto permanecer na transmissão, não será possível realizar a lubrificação necessária.

Para fazer o enxágue, basta realizar o processo novamente, dessa vez utilizando água limpa e um pouquinho de detergente tradicional!

Limpando com escovas de dente

Não possui limpador de corrente? Calma, não precisa ficar de corrente suja e sem manutenção! Dá pra produzir um instrumento de limpeza usando algumas escovas de dente que já não são mais utilizadas.

Com 3 escovas de cerdas duras, você faz um limpador parecido com o que é vendido em lojas especializadas. Para isso, posicione duas escovas de forma paralela e uma na parte superior, de maneira centralizada.

Para criar um suporte fixo, use uma secção de mangueira posicionada no corpo das escovas: dessa forma, elas permanecerão fixas e seguras sobre os roletes. Para unir as bases de todas elas, poderá utilizar uma abraçadeira de nylon ou arame.

O processo de limpeza é semelhante ao indicado anteriormente: use o desengraxante apropriado para a primeira lavagem. Depois, retire-o totalmente com água e detergente.

A higienização com esse tipo de instrumento pode ser um tanto bagunçada, já que não há proteção que impeça os respingos. Nesse método, prefira movimentar a escova, não a corrente. Girar uma corrente desprotegida e coberta de desengraxante pode causar uma bela bagunça em sua garagem!

Finalize com uma boa enxaguada final e seque com um pano. Feito o trabalho sujo, é só passar para a lubrificação!

Hora de lubrificar: o que utilizar e como aplicar?

lubrificante finish seco para bike

A lubrificação original de sua corrente, aquela que vem de fábrica, dura em média 100 km, a depender das condições de utilização. Depois disso, a limpeza e reaplicação do lubrificante é mais que necessária!

Existem dois tipos mais comuns de lubrificantes: secos e úmidos. Os secos são indicados ao uso urbano e, por não serem pegajosos, costumam acumular muito menos poeira. Sua desvantagem: não servem para usos molhados, como trilhas que envolvem lama, e também não são resistentes aos dias chuvosos, devendo ser reaplicados com rapidez.

Os lubrificantes molhados são os mais recomendados para pedaladas na lama ou em dias chuvosos. Por serem pegajosos, acumulam poeira mais rapidamente, formando aquela massa corrosiva tão temida. Vale a pena avaliar qual o lubrificante mais eficiente para cada uso.

lubrificante muc off dry lube seco corrente bicicleta

Está a fim de investir mais um pouquinho e adquirir um lubrificante que não acumula sujeira nem sai com água? Hoje, no mercado, estão disponíveis versões a base de cera, que seguram muito bem quando expostos à água e, ao mesmo tempo, são bem sequinhos e não grudam em nada.

Para aplicar, a mesma regra vale para todos os tipos de produto: envolva os elos em lubrificante sem deixar excessos. Procure aplicar o produto dentro do equipamento, de forma que o movimento natural da corrente espalhe o material e se beneficie da lubrificação.

Aplique só onde for necessário, ou seja, os locais em que há fricção. Não adianta aplicar lubrificante em áreas sem contato. Ao fazer isso, estará desperdiçando produto e sujando sua bike. Nada legal, né?

E aí, conseguiu tirar suas dúvidas sobre os produtos e procedimentos para manutenção de sua corrente? Bote a mão na massa e conte suas experiências pra gente nos comentários!

Para continuar informado, fique atento às nossas atualizações. Toda semana tem um post novo cheio de informação de qualidade sobre ciclismo. Até a próxima!

Visite a loja da bikerunners! Temos tudo que você precisa para ser um ciclista. Comece a pedalar!
Previous

Descubra qual o melhor selim para MTB e melhore sua performance

Qual o aro de bicicleta ideal para crianças de 5 anos? Confira!

Next