fbpx

Conheça os Benefícios do Ciclismo para a Saúde

Inúmeros são os benefícios do ciclismo para a saúde, são simples atividades físicas, porém, essenciais para o corpo e a mente. Além disso, alguns dos benefícios do ciclismo para a saúde incluem tonificação muscular, melhorias cardiovasculares e uma melhor circulação sanguínea.

Estes benefícios são a razão por trás da popularidade consistente do ciclismo por muitos anos.

A bicicleta é uma das formas mais simples de trabalhar como uma forma moderada da atividade física que é necessária para o corpo humano.

Andar de bicicleta não é apenas um Exercício. É também utilizado como um meio de transporte em muitos países. O ciclismo ajuda a incorporar a atividade física em sua vida diária. De crianças a idosos, cada pessoa pode facilmente escolher o ciclismo para uma vida mais saudável.

No ano de 1817, o conceito de Ciclismo foi inventado pelo Barão Karl Von Drais. O que ele inventou não era exatamente a bicicleta que conhecemos e usamos. Na verdade, ele inventou uma curta máquina que o ajudou a caminhar nos jardins reais mais rápidos.

Este dispositivo tinha rodas, mas não tinha nenhuma engrenagem, correntes e pedais. Além disso, ele avançava empurrando os pés contra o chão. Com uma melhoria nesta tecnologia, este dispositivo bruto foi finalmente transformado na moderna bicicleta.

O corpo humano requer atividades físicas para o funcionamento normal. Pelo menos trinta minutos forte ou moderado é muito importante e é necessário a fim de alcançar a saúde a longo prazo. Além dos benefícios do ciclismo para a saúde, existem benefícios sociais e mentais que fazem do esporte sobre rodas uma atividade também muito agradável.

Então, confira agora os principais benefícios do ciclismo para a saúde:

Fortalecendo os músculos
Andar de bicicleta é uma atividade que envolve uma grande quantidade de pedaladas.

Normalmente, presume-se que esta atividade só ajuda a tonificar os músculos da panturrilha e coxas, mas na verdade é um treino físico geral e envolve o movimento de quase todas as partes do corpo.

Os músculos do braço também são fortalecidos, porque eles são necessários para equilibrar o ciclo. Em crianças, uma forte melhoria na saúde óssea e muscular foi notada após as sessões de Ciclismo regulares. Há forte evidências que a saúde dos músculos está diretamente relacionada ao Ciclismo. Devido ao aumento da flexibilidade dos músculos, a aptidão aeróbica recebe um impulso.

Benefícios do ciclismo para a saúde cardiovascular
Durante o Ciclismo, o Coração bate mais rápido do que o habitual. Isto exercita o Coração e promove a boa saúde. Estudos em homens de meia idade apresentaram resultados positivos em termos da função cardiovascular. Em comparação com os sedentários, aqueles que participaram de atividades como Ciclismo, Caminhada e Corrida exibiu uma melhora na função cardiovascular.

Benefícios do ciclismo para a saúde no controle da diabetes
A Diabetes aumenta o risco de várias doenças, tais como doença cardíaca, acidente vascular cerebral, doenças de Pele, doenças oculares, doença renal e uma ampla variedade de outros. A Diabetes pode ser controlada por atividade física, o que inclui a bicicleta. O Ciclismo pode ser muito benéfico no controle da Diabetes, pois a glicose presente nas células é esgotada e a glucose do sangue é desenhada pelas células e convertida em energia útil.

Benefícios do ciclismo para a saúde no aumento os níveis de energia
Andar de bicicleta ajuda a aumentar a resistência do corpo e dar um impulso para a capacidade de resistência de uma pessoa.

Benefícios do ciclismo para a saúde emocional
Passeios de bicicleta podem ser executados para reduzir o estresse e se divertir. Especialistas dizem que a reprodução de qualquer tipo de esporte pode reduzir o estresse, mas na maioria dos casos, a prática de esportes pode não ser possível para muitas pessoas. Em vez disso, pode-se passar o tempo a andar de bicicleta, que também é igualmente benéfica na redução do estresse e depressão.

Benefícios do ciclismo para a saúde no gerenciamento da dor
Andar de bicicleta ajuda com a gestão da dor. Andar de bicicleta é considerado como um exercício de “liberação”. Os exercícios liberais desempenham um papel muito importante no alivio de problemas fisiológicos e psicológicos, como estresse, tensão e dor.
Andar de bicicleta é uma estratégia de redução de dor amplamente aceito que, muitas vezes, é implementado em crianças, mas é tão útil para os adultos.

Benefícios do ciclismo para a saúde na perda de peso excessivo
O Ciclismo é um excelente exercício para queimar calorias. Uma pessoa andando de bicicleta com uma velocidade de 10 km/h queima 260 calorias em uma hora de pedaladas. Andar de bicicleta exercita os músculos na parte da frente das coxas e as nádegas.

Benefícios do ciclismo para a saúde no combate ao câncer
A incidência de doenças, como o câncer, pode ser reduzida de forma significativa através de atividades físicas, como Ciclismo e Corrida. Estudos mostram que para aquelas pessoas que praticaram moderadas a elevadas atividades físicas em idades precoces e médias, o risco de câncer foi reduzido. Por outro lado, o risco de câncer não diminuiu em pessoas sedentárias.

Benefícios do ciclismo para a saúde no combate da artrite
Andar de bicicleta é notado como um dos melhores exercícios para prevenção e redução da artrite. O ciclismo ao ar livre ou passeios em bicicleta estática, são igualmente benéficos na redução e prevenção da artrite. Os músculos das coxas e das pernas são usados durante o ciclismo e a sua flexão é benéfica no controle da artrite.

Benefícios do ciclismo para a saúde ambiental
Andar de bicicleta é um modo ambientalmente amigável de transporte, uma vez que reduz a poluição em nossos bairros e reduz a emissão de gases de efeito estufa. Assim, o ciclismo não só promove a boa saúde, mas também um ambiente melhor. Giros de 10 km a cada dia, podem evitar a emissão de pelo menos 1,3 toneladas de gases de efeito estufa anualmente. Isso reduz o risco de muitas doenças fatais e problemas de saúde que afetam milhões de pessoas devido à poluição do ar.

Os automóveis são a maior fonte de gases de efeito estufa, como o dióxido de carbono, monóxido de carbono, óxidos de enxofre, óxidos de azoto e hidrocarbonetos. Estas emissões de gases nocivos danificam o sistema nervoso e também são responsáveis por problemas respiratórios graves.

Os estudos também revelaram que as pessoas que praticam ciclismo são menos propensas aos efeitos nocivos da poluição pois tendem a respirar ar menos poluído. Estudos têm revelado que a cada ano na Austrália, de 900 a 2000 mortes prematuras ocorrem devido à poluição do ar.

Cerca de 900 a 4500 casos de doenças cardiovasculares, bronquite e outros problemas respiratórios têm sido relatados na Austrália a cada ano, que custam cerca entre 1,5 e 3,8 bilhões de dólares em despesas médicas. Andar de bicicleta é talvez o único meio de transporte que não causa qualquer dessas doenças, enquanto, na verdade, ajuda aqueles que já estão sofrendo com essas questões.

Além de poluição do ar, poluição sonora também pode ser erradicada com uso enorme do ciclismo. Andar de bicicleta é um modo silencioso de transporte e, portanto, não cria qualquer ruído que pode afetar tanto os jovens e os velhos.

Um estudo realizado no ano de 1993, agência NSW (Governo Australiano), apontou que 73% da população exposta à poluição ambiental estão presas à poluição sonora também. Isso mostra o quanto a poluição sonora tem impacto sobre a saúde humana, bem como sobre o meio ambiente.

Medidas de segurança
Andar de bicicleta é definitivamente uma atividade física completa, que tem uma ampla gama de benefícios para saúde que você pode desfrutar. No entanto, algumas precauções devem ser tomadas antes de optar por andar de bicicleta como um esporte regular ou um meio de transporte.

 

É importante usar roupas e equipamentos para o ciclismo. Roupas largas poderão ficar presas durante a atividade e causar problemas graves, especialmente se você está pedalando no tráfego pesado de áreas urbanas.

Sempre tenha abundância de água à sua disposição e beba com frequência para compensar a possível desidratação causada devido a atividade física. Esticar os músculos é importante porque aquece o corpo e o prepara para a atividade física intensa que é o ciclismo.

Usar um capacete é talvez a medida de segurança mais importante que você precisa tomar. Ela impede ferimento na cabeça em caso de um acidente de qualquer tipo. Além disso, considere o uso de joelheiras e cotoveleiras apropriadas para a proteção total.

Andar de bicicleta não é apenas uma atividade física regular, é também um meio de transporte e, portanto, permite que as pessoas fiquem em boa forma, mesmo quando estão indo para o trabalho, às compras ou para se divertir com os amigos.

Para que você tenha todos os benefícios do ciclismo para a saúde, listamos também algumas dicas de alongamentos dos músculos, antes e depois de sua pedalada:

O melhor para evitar lesões e incômodos e aproveitar todos os benefícios do ciclismo para a saúde, é realizar uma série de alongamentos antes e depois de nossas pedaladas. Desta maneira, preparamos os músculos para o exercício e ativamos a irrigação sanguínea nas zonas que mais vão precisar. Os alongamentos básicos são muito simples e rápidos de fazer, e nos evitarão mais de uma lesão que poderia nos deixar de afastado das atividades físicas por um bom tempo.

ALONGAMENTOS BÁSICOS:
1. Quadríceps: Só é preciso levantar a perna para cima atrás de si, tentando tocar com o calcanhar sua nádega, mantendo o equilíbrio utilizando a bicicleta como suporte. Se queremos alongar mais é preciso fazer força como se quiséssemos esticar o joelho, mas segurando o pé com firmeza. 2 ou 3 repetições de 20″ em cada perna.

2. Femorais: Apoia-se o calcanhar sobre o selim, segurando a ponta do pé com a mão do mesmo lado e o guidão com a mão oposta. É preciso dobrar as costas para a perna que está no alto. Quanto mais nos abaixemos, mais sentiremos o alongamento. 2 ou 3 repetições de 20″ em cada perna.

3. Panturrilhas: Montados na bicicleta e mantendo um pé preso ou apoiado no pedal, colocamos o pedivela para baixo e fazemos pressão com o calcanhar para o chão. Quanto mais baixamos o calcanhar e mais para frente jogamos o corpo, mais eficaz será o alongamento. 2 ou 3 repetições de 20″ em cada perna.

4. Psoas-Ilíaco: Damos um grande passo para frente (ou para trás) mantendo a perna adiantada dobrada e perpendicular ao chão, empurrando a cadeira para o chão e com as costas erguidas. A bicicleta servirá para nos estabilizar. 2 ou 3 repetições de 20″ em cada perna.
Psoas: Músculo mais profundo e estabilizador no corpo humano. É o único músculo que liga a coluna vertebral às pernas, é responsável por nos manter em pé e o que permite levantar as pernas para andar.

5. Costas: Seguramos a bicicleta pelo guidão e o selim e dobramos o tronco para ela, com as pernas esticadas. Na medida que vamos baixando iremos sentindo mais alívio nas costas. 2 ou 3 repetições de 20″.

ALONGAMENTOS COMPLEMENTARES:
6. Antebraços: Apoiamos os dedos contra as manoplas e dobramos os pulsos para frente mantendo os cotovelos esticados. Quanto maior a flexão, maior o alongamento. 2 ou 3 repetições de 20″ em cada braço.

7. Tríceps: Esticamos o braço para o céu e depois dobramos o cotovelo para as costas. Com a outra mão seguramos o cotovelo e o puxamos. 2 ou 3 repetições de 20″ em cada braço.

8. Pescoço: Com as costas retas, sujeitamos a cabeça com uma mão e a puxamos para esse lado. Se colocamos o braço contrário por trás das costas, conseguimos mais tensão. 2 ou 3 repetições de 20″ para cada lado.

9. Costas: Para fazer este exercício, deveremos executá-lo sobre grama ou outro chão fofo. Deitados no chão, flexionamos as pernas e com os braços as puxamos para o peito. 2 ou 3 repetições de 20″.

10. Abdutores: Sentados no chão, unimos a sola de ambos os pés e com a ajuda das mãos as puxamos para nós dobrando o joelho. Depois, pressionamos para baixo as pernas com ambos os braços. 2 ou 3 repetições de 20″.

Definitivamente, sabemos dos vários benefícios do ciclismo para a saúde, porém, é fundamental ter em mente que esse esporte requer uma certa dose de paciência.

Inicie de forma leve e em locais mais planos; vá se acostumando aos equipamentos e programe a evolução esperada de acordo com sua disciplina.

Naturalmente você irá almejar algumas distâncias maiores e também algumas subidas mais desafiadoras.

Dentre os principais benefícios do ciclismo para a saúde, está a prazerosa sensação de liberdade. O vento no rosto, grandes distâncias percorridas, até então, inimagináveis, cenários incríveis, mente criativa pulsando e muitas amizades pelo caminho. Está preparado? Então, ‘partiu” pedalar e ser feliz!

Gostou desse conteúdo? Comente e compartilhe com seus amigos.
Assine nossa Newsletter ou siga-nos pelas Redes Sociais e fique por dentro das novidades do BR Ciclismo.

 

Grandes Pedaladas para nós.

Elaboração, edição e tradução: Jefferson Neves e equipe BR Ciclismo/Accanti, com base no original de Saudedica
Previous

Peças de Bicicleta – Original ou Falsificada?

APP para Ciclistas – Conheça os Melhores

Next